albatroz - images, songes & poésies

albatroz - images, songes & poésies

reinaldo ferreira, menino dos olhos tristes

 Menina dos olhos tristes


Menina dos olhos tristes
O que tanto a faz chorar?
— O soldadinho não volta
Do outro lado do mar.

Senhora de olhos cansados,
Por que a fatiga o tear?
— O soldadinho não volta
Do outro lado do mar.

Vamos senhor pensativo,
Olhe o cachimbo a apagar.
— O soldadinho não volta
Do outro lado do mar.

Anda bem triste um amigo,
Uma carta o fez chorar.
— O soldadinho não volta
Do outro lado do mar.

A Lua, que é viajante,
É que nos pode informar.
— O soldadinho já volta
Do outro lado do mar.

O soldadinho já volta
Está mesmo a chegar.
Vem numa caixa de pinho.
Desta vez o soldadinho
Nunca mais se faz ao mar.

Reinaldo Ferreira



02/12/2006
0 Poster un commentaire

A découvrir aussi


Inscrivez-vous au blog

Soyez prévenu par email des prochaines mises à jour

Rejoignez les 830 autres membres