albatroz - images, songes & poésies

albatroz - images, songes & poésies

brás da costa — preocupações simples

• prefácio ao livro de  Bicho da Cruz, "preocupações simples"ed. Garrido, 2004 (não publicado aparentemente por ter chegado tarde e a más horas, dedicado à menina Silva DaPonte)

manuel & alex en Irlande, 1996 (photo V. Sautter)

eis que, no domínio literário www.neo-desbragado.org, o delicioso Bicho da Cruz, mais conhecido por Alex das primas à janela, rei da cavalaria operária — entre mil e uma minhocas rabeadoras, alhos porros, couves-nabiça, pencas carnudas, farófias, alhos porros, canhões, colhões, tremoços & marmelos, primas, namoradas & mamadas  — renova num estilo muito arejado a grande léria do abade de Jazente, tecendo assim o grande xairel granizado, anticlerical e protuberante que desponta mansamente por entre as tenebrosas fragas trasmontanas, e vai por ai fora!... e s p r a i a - s e ... ali, entre as marmitas da caldeirada de peixe da buliçosa Nazaré; acolá, entre as coxas da lúdica Torres Novas; mais à frente, no largo da misericordia, comove-se como um jesuíta  d'olho posto nas suculentas bifanas da casa de pasto dos galegos; de passagem, no Arco do Cego, chinca com um rabejador de Xabregas; à espera de uma vaga no Rossio, briga com uma caravela mal estacionada; e por fim, desemboca de braço dado com a reboluda  Zàzà na bainha rendilhada y atlântica do Chenchir...

"preocupações simples"... afigura-se o poeta um instante cismático, afagando distraidamente a hortaliça;

pois que assim seja... e que muito proveito nos faça este fadário, pasmado e desmamado, que oscila entre a grande Vergonha nacional — lughente... imemorial — e a portentosa tesidão natural;

almas patrióticas da mais pura e fina raça barrosã, ouvi! :   —  ide e abastecei das mais saborosas dentelhas & outras manjares preciosos o nosso mazorro e porcionário poeta que, tal como manda a lei phálica, aguarda denodado e sereno nova traineira de abalada pró Café Gelo, onde madrugada fora magalas imberbes galgam p'ra cima das mesas p'ra fazer o ibis tão do agrado das criancinhas embebecidas; e, mais que tudo, faz sonhar os nossos vates alegres com  novas maresias orientais hidrocarbonatadas;

isto dito, magistral Bicho! se por fatal destino vieres a soçobrar, não esqueças de pôr fora de água o mendinho direito com o manuscrito pingente !

ninfas ! — graxeai-o, que ele bem o merece !



13/11/2006
1 Poster un commentaire

A découvrir aussi


Inscrivez-vous au blog

Soyez prévenu par email des prochaines mises à jour

Rejoignez les 831 autres membres