albatroz - images, songes & poésies

albatroz - images, songes & poésies

jorge sousa braga, escalada

Escalada

 

Chamar-te colibri sussurrar-te
ao ouvido coisas ácidas e ternas
Morder-te no pescoço, nos ombros, nas nádegas
Sentir a humidade entre as tuas pernas

Selar-te as pálpebras com saliva
enquanto gritas que me odeias e me amas
as minhas mãos numa roda viva
entre as tuas nádegas e as tuas mamas

A minha língua, a tua língua o meu
pénis, o teu clitóris, a minha língua
o teu clitóris, o meu pénis, a tua língua

De joelhos como se implorasse
Enterrá-lo bem fundo entre as tuas pernas
Deixar que um raio nos trespasse



Jorge Sousa Braga


in "Eros de Passagem - Poesia Erótica Contemporânea"
Selecção e Prefácio de Eugénio de Andrade
Campo das Letras, Porto, 1997



24/12/2006
0 Poster un commentaire

A découvrir aussi


Inscrivez-vous au blog

Soyez prévenu par email des prochaines mises à jour

Rejoignez les 831 autres membres