albatroz - images, songes & poésies

albatroz - images, songes & poésies

luís de camões, mudam-se os tempos, mudam-se as vontades

 Mudam-se os tempos,

 mudam-se as vontades


Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
muda-se o ser, muda-se a confiança;
todo o Mundo é composto de mudança,
tomando sempre novas qualidades.

Continuamente vemos novidades,
diferentes em tudo da esperança;
do mal ficam as mágoas na lembrança,
e do bem (se algum houve), as saudades.

O tempo cobre o chão de verde manto,
que já coberto foi de neve fria,
e, enfim, converte em choro o doce canto.

E, afora este mudar-se cada dia,
outra mudança faz de mor espanto,
que não se muda já como soía.

Luís de Camões

• est poema foi musicado e cantado por José Mário Branco; para escutá-lo :

http://www.castpost.com/Lib/playm2.php?filename=mudanseostempos.mp3&url=http://sonoridades.castpost.com/



02/12/2006
0 Poster un commentaire

A découvrir aussi


Inscrivez-vous au blog

Soyez prévenu par email des prochaines mises à jour

Rejoignez les 830 autres membres